Busca:

Contribuinte já pode ver se está tudo certo com a declaração do IR


Os contribuintes que enviaram a declaração do Imposto de Renda (IR) logo no começo do prazo de acerto de contas com o Fisco, em março, para receber a restituição nos primeiros lotes já podem conferir se não há pendências ou erros no documento. A Receita Federal liberou o acesso ao extrato das declarações que permite identificar problemas para que possam ser corrigidos, evitando que o contribuinte não caia nas garras do Leão.

“Parte das declarações que chegaram nos primeiros dias já foram processadas e os extratos com as informações já estão disponíveis no site da Receita Federal. À medida que formos recebendo e processando as declarações vamos liberando os extratos desse pessoal”, explica o supervisor nacional do Imposto de Renda, Joaquim Adir.

Segundo Adir, quem perceber que errou vai poder fazer o acerto e enviar uma declaração retificadora e assim poder receber nos primeiros lotes. A primeira leva de restituição será paga no dia 15 de junho. Têm prioridade idosos com mais de 65 anos. Para verificar o extrato é preciso gerar um código de acesso na própria página da Receita Federal

CORREÇÃO PELA SELIC – Não receber a restituição nos primeiros lotes não representa problemas. A cada mês, a Receita corrige os valores considerando a taxa básica de juros (Selic).

RISCO DE PERDER PRAZO – Quem deixa para os últimos dias para entregar a declaração corre risco de enfrentar congestionamento na transmissão. O prazo termina dia 29 de abril.

Post Relacionados

1 Comentário

RSS de comentários.

  1. […] data prevista para o pagamento do primeiro lote de restituição do IR, não está ainda definida. Mas e de se esperar que os que apresentaram a sua declaração […]

    Pingback por O primeiro dia de recepção do IR se apresentou 12,6% menor que o ano passado — 27 de outubro de 2011 #

Comentários encerrados

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil